Buscar
  • danildag

Não foram bruxas que foram queimadas. Foram mulheres...


"Não foi bruxas que foram queimadas.

Foram mulheres.

As mulheres que eram vistas como

Muito bonitas

Muito falantes

Que tinham muita água no poço (sim, sério)

Quem tinha uma marca de nascença

As mulheres que curavam com ervas

Muito altas

Com cabelos muito vermelhos

Mulheres quietas demais

Que tinham conexão com a natureza

Mulheres que dançavam

Mulheres que cantavam

ou qualquer outra coisa, na verdade.

Qualquer mulher corria risco de acabar numa fogueira

Irmãs testemunharam e se voltaram umas contra as outras quando seus bebês foram mantidos sob o gelo.

Crianças foram torturadas para suas confessar suas experiências com “bruxas” sendo injustamente mortas em fornos.

As mulheres eram mantidas debaixo d'água e, se flutuassem, eram culpadas e executadas.

Se eles afundassem e se afogassem, eram inocentes.

Mulheres foram jogadas de penhascos.

As mulheres eram colocadas em buracos profundos no chão.

O início dessa loucura foram anos de fome, guerra

entre religiões e muito medo.

As igrejas diziam que bruxas, demônios e o diabo existiam e as mulheres não passavam de problemas.

Como vemos até hoje, muitas vezes foi criado um bode expiatório, e o caos aumentou na Suécia quando a Bíblia se tornou lei e fazer o que

não se alinhava com o que a igreja pregava que se tornou letal.

O fanatismo da Bíblia matou milhares de mulheres.

Tudo relacionado a uma mulher passou a ser temido, especialmente sua sexualidade.

Tornou-se rotulado como escuro e perigoso e foi o centro dos julgamentos de bruxas em todo o mundo.

Por que escrevo isso?

Porque eu acho que o uso das palavras é importante, especialmente quando estamos fazendo o trabalho para trazer essas histórias obscuras, reprimidas e esquecidas para a superfície.

Porque conhecer nossa história é importante quando estamos construindo um novo mundo.

Quando estamos fazendo o trabalho de cura de nossas linhagens e como mulheres.

Para dar voz às mulheres massacradas, dar-lhes reparação e uma chance de paz.

Não foram as bruxas que queimaram.

Foram mulheres. "


Texto de Fia Forsström


Tradução livre de Daniele Garcia

4 visualizações0 comentário